sábado, abril 16, 2011

Ligeirão Azul começa a circular neste sábado em Curitiba

O Ligeirão Azul, tido como a grande novidade do transporte público curitibano, começa a circular oficialmente neste sábado (16). Com isso, os passageiros com deficiências serão ainda melhor atendidos. Além dos avisos sonoros de paradas que auxiliam os portadores de deficiência visual já existentes nas outras linhas de ônibus da capital, o novo veículo estreia trazendo novos elementos que contemplam os portadores de deficiências físicas e auditivas.

São duas novidades, uma para cada tipo de necessidade. “Foi instalado um equipamento que, ao ser acionado, emite um aviso sonoro ao motorista informando que há necessidade de uma parada para o passageiro com deficiência física. Já para os portadores de deficiências auditivas, agora há luzes sobre as portas, tanto do lado de dentro quanto de fora, que indicam quando a porta está para ser fechada”, explica o gerente de manutenção da Viação Cidade Sorriso, Eduardo Tows. A empresa é responsável pela operação dos dez veículos que farão a linha Ligeirão Boqueirão a partir de sábado. Futuramente, ela também vai operar parte dos veículos da linha Ligeirão Linha Verde.

Para os passageiros que não possuem necessidades especiais, a novidade fica sendo apenas a dimensão do veículo (três metros a mais de comprimento e 10 centímetros a mais de largura). No entanto, também há novidades que beneficiam os motoristas. “Assim como já acontece nos Ligeirinhos, o motorista do Ligeirão Azul fica isolado por uma barra de ferro. Com isso, ele pode se concentrar melhor no percurso e também tem uma visão ampliada do interior do veículo”, afirma. Além disso, foi instalado um painel multiplex, que proporciona uma facilidade maior para o motorista nos comandos das funções do ônibus, como acionar a iluminação, já que foram retiradas as chaves e tudo é feito apenas com toques.

Tows ainda garante que o novo Ligeirão é mais estável e chacoalha menos, elementos que poderão ser confirmados somente quando os veículos estiverem rodando normalmente. Diariamente, 25 mil passageiros utilizam a linha Ligeirão Boqueirão. Apesar das mudanças, a quantidade de lixeiras, saídas de emergências e alçapões, assim como o sistema de ventilação, continuam os mesmos dos veículos vermelhos utilizados anteriormente. Os sensores de priorização semafórica também serão reaproveitados, sendo apenas transferidos dos veículos antigos para os novos. De acordo com a assessoria de imprensa da Urbanização de Curitiba (Urbs), esses equipamentos serão trocados somente em um prazo de cerca de 60 dias.

Um comentário:

  1. Eu ja andeeei !
    Muuuuito bueno !
    ASUAHSUAHSUASHU

    ResponderExcluir