terça-feira, maio 31, 2011

Mecânico é morto com três tiros e bandidos fogem com o carro da oficina

O dono de uma oficina mecânica no bairro Xaxim, em Curitiba, foi assassinado enquanto trabalhava na tarde desta terça-feira (31). Jeremias Souza dos Anjos, 53, concertava um carro no interior de seu estabelecimento no momento que foi surpreendido por três homens que chegara ao local a pé.

Três tiros foram disparados contra o mecânico que morreu antes mesmo da chegada do resgate. Vizinhos ouviram os disparos e revelaram a polícia que parte do trio fugiu a pé enquanto um dos assassinos levou um dos veículos da oficina.

“As testemunhas dizem que era um trio e que fugiram com um dos carros, mas ninguém soube dizer a marca nem a cor do automóvel. A vítima estava estirada dentro da oficina e pela maneira que o corpo se encontrava, provavelmente ele trabalhava no momento do crime”, relatou o aspirante a oficial Rodrigo do 20º Batalhão da Polícia Militar.

Após a perícia da cena do crime, o corpo de Jeremias foi recolhido pelo Instituto Médico Legal da capital. As investigações ficam a cargo da Delegacia de Homicídios, que enviou investigadores ao local. De acordo com a polícia, o crime pode estar relacionado a um desacordo comercial.

Fonte:http://bandab.pron.com.br/31/05/2011

Gustavo Fruet participa de debate na Uninter

Desde o início do ano Gustavo Fruet tem participado de uma série de eventos em Curitiba e demais cidades da região metropolitana. Na condição de palestrante, ele já esteve em quatorze entidades educacionais e movimentos organizados. Segundo Fruet, são oportunidades para ampliar o diálogo com a população e debater assuntos relacionados as demandas e o desenvolvimento das cidades, em especial de Curitiba. Nesta semana, por exemplo, Gustavo vai participar de uma mesa redonda com outras personalidades para debater o “Meio Urbano”. O evento é uma promoção do Grupo Educacional Uninter, acontece na terça-feira, 31, às 19 horas, no Auditório da Unidade Divina Providência. Além dos estudantes de graduação da Uninter, a promoção é aberta ao publico em geral, com inscrições antecipadas pelos emails centrocultural@grupouninter.com.br e fernandafrare@grupouninter.com.br.

Beto Richa e Luciano Ducci em reunião com Dilma sobre a copa 2014

Neste momento o Governador Beto Richa (PSDB) e o Prefeito de Curitiba Luciano Ducci (PSB) estão reunidos com a Presidente Dilma, assunto em pauta "copa em 2014", mais informações em breve

VERGONHA: Veículo da APP sindicato estacionado irregularmente

Na final da manhã desta terça-feira (31) foi registrado o flagrante de imprudência e desrespeito a legislação de trânsito, trata-se de um veículo da APP -Sindicato estacionado irregularmente em cima do "canteiro' na praça do Iguaçu na esquina das ruas Marechal Hermes com Deputado Mario de Barros, mas precisavemente na rotatória em frente a Casa Militar, ao MP e ao lado do Palácio do Governo.

A foto foi tirada as 11 horas 44 minutos de 31/05/2011.

Fonte: Cristiano

Festa de Santa Rita de Cássia.

Durante os dois últimos finais de semana do mês de maio, os fiéis de Santa Rita de Cássia estiveram no Santuário das Rosas, na Vila Hauer para demonstrar sua devoção.
Participaram da carreata, da chuva de pétalas de rosas jogadas de um helicóptero, almoço com o famoso boi no rolete, ação entre amigos onde o primeiro prêmio foi um Sandeiro zero e com missas e novenas, finalizando no domingo a noite (29) com a coroação de Nossa Senhora e um sensacional show pirotécnico.

Nossa equipe esteve no local registrando esses momentos.

Calendário põe obras em risco.

Cerca de 60% das obras públicas programadas para a Copa de 2014 em Curitiba e região correm o risco de não ficar prontas até o início da competição. A preocupação ganha corpo ao se observar o atual estágio das intervenções, dois anos após a capital paranaense ser oficializada como subsede do Mundial. Nove das 14 obras programadas ainda não têm projetos executivos prontos, sendo que cinco nem sequer começaram a ser elaborados. Somente uma obra efetivamente começou – a ampliação do estacionamento do Aeroporto Internacional Afonso Pena. Entre as mais importantes estão o novo terminal de passageiros do Afonso Pena e a construção do corredor metropolitano.

Os 14 projetos são de responsabilidade do Instituto de Pes­quisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec) e da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). Os prazos divulgados pelo Ippuc preveem o término de seis obras ainda no próximo ano. Mas, segundo o cronograma inicial do instituto, quatro delas já estão atrasadas.

Independentemente do caminho a ser percorrido para a licitação e a execução das obras, o Ippuc defende que o prazo final é que deve ser levado em conta – e garantidamente será cumprido. Para especialistas, o cronograma apontado pelos órgãos públicos é otimista, mas não realista. “Obras desse porte normalmente levam até um ano e meio. Isso somente a execução. Se tudo correr bem, elas devem ficar prontas no final de 2013. Qualquer atraso pode comprometer tudo. Para se cumprir os prazos, vamos precisar de muita sorte”, analisa o engenheiro Valter Fanini, presidente do Sindicato dos Engenheiros no Estado do Paraná.

Flexibilização da Lei das Licitações coleciona críticas

A tentativa do governo federal de implantar o Regime Diferenciado de Contratações Públicas (RDC), por meio da Medida Provisória 521/2010, tem sido alvo de críticas de entidades como o Ministério Público Federal, Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) e Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Confea). A proposta, que flexibiliza a Lei das Licitações, atenderia, segundo o governo, às demandas de urgência das obras para a Copa de 2014. A oposição, que entrou no coro contra as mudanças, promete atravancar o trâmite da MP no Congresso.

Especialistas em Engenharia Civil e Direito Administrativo defendem que o RDC aumenta o risco de fraudes em obras, já que o regime proposto incentiva a realização de licitações sem a utilização de projetos completos de engenharia. O novo sistema, se aprovado, permitirá que a empresa contratada para executar a obra também seja responsável pelos demais processos preliminares, como as elaborações do projeto executivo e estudos para licenças ambientais. Hoje, para cada etapa existe uma licitação e contrato específicos. A proposta também é criticada por ter sido incluída em uma Medida Provisória que, na verdade, trata de atividades relativas a médicos-residentes e servidores requisitados pela Advocacia-Geral da União.

Para o coordenador do mestrado em Direito Administrativo da Unicuritiba, Daniel Ferreira, trata-se de uma “lei de carona”. “Está se pretendendo fazer na lei aquilo que o direito não admite. Usar para isso uma medida provisória que não tratava do assunto é uma manifestação de desespero e até de má-fé”, afirma.

Na última semana, o Instituto Brasileiro de Auditoria de Obras Públicas (Ibraop), entidade que congrega profissionais que atuam em auditoria, controle e fiscalização de obras públicas, emitiu uma carta aberta em que critica a MP. Para o presidente do Ibraop, o engenheiro paranaense Pedro Paulo Piovesan de Farias, a aprovação da proposta traria um “sério risco de obras malplanejadas, mal-executadas, com possível sobrepreço e fiscalização precária”.

Estimativas da própria Co­­mec preveem que somente a elaboração dos projetos leve de seis a oito meses. Já as licitações, tanto para contratar os projetos quanto para executar as obras, devem se prolongar por pelo menos quatro meses – desde que não haja recursos das empresas participantes, que podem estender o processo em vários meses e até anos.

“É possível terminar as obras até 2014, em termos de engenharia. Agora, depende de garantir os recursos. O que pode ser um problema, já que no caso do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), em geral, há um atraso de 50% em todas as obras. Sem contar as peculiariedades jurídicas que podem ocorrer. A dragagem do Porto de Paranaguá, em oito anos, não foi resolvida, por conta de entraves jurídicos”, exemplifica o engenheiro civil Ricardo Bertin, coordenador adjunto do curso de Engenharia Civil da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR).

Riscos

Além dos riscos durante o processo de licitação, especialistas também preveem outros problemas que podem atravancar o andamento dos serviços, como o abandono de obras por parte de empresas, escassez de materiais, falta de profissionais qualificados no mercado e necessidade de desapropriações em alguns em­­­preendimentos. A própria elaboração dos projetos executivos pode se estender, já que grande parte das obras serão feitas no meio urbano, tendo que prever interferências de redes de luz, água e energia, por exemplo.

“A etapa do projeto é fundamental. Quanto mais detalhes o projeto trouxer, mais garantia se tem que a obra possa ser executada com uma margem de valores menor. Se não for bem detalhado, na hora de executar será preciso fazer aditivos, e aí vira uma bola de neve”, avalia o presidente do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Paraná (Crea-PR), Álvaro José Cabrini Júnior.

A preocupação do setor é que os atrasos e o calendário apertado transformem a execução dos projetos para a Copa em um novo Pan-Americano. Em 2007, as obras no Rio de Janeiro, terminadas às vésperas da competição, custaram dez vezes mais do que o valor inicial previsto. A estimativa é que, somente em Curitiba e região metropolitana, as obras públicas custem R$ 621,8 milhões, sendo que a grande maioria dos recursos deve ser repassada por meio do PAC da Mobilidade, do governo federal.
Fonte: Gazeta do Povo 31/05/2011

segunda-feira, maio 30, 2011

Rua da Sapolândia do Vereador Derosso será beneficiada por obra pública

Uma obra de R$ 6,1 milhões iniciada na semana passada pela prefeitura de Curitiba na Rua Desembargador Antônio de Paula, que passa pelos bairros Boqueirão e Xaxim, foi defendida pelo presidente da Câmara Municipal de Curitiba, João Claudio Derosso (PSDB), que tem uma chácara no local, a Sapolândia. O vereador chegou a ir a Washington, nos Estados Unidos, em 2007, junto com o então prefeito Beto Richa (PSDB), para liberar a verba para a obra. Derosso nega que tenha se autobeneficiado com o pedido e diz que a intervenção é importante para várias regiões da capital.

A viagem a Washington tinha como objetivo liberar um pacote de R$ 100 milhões para diversas obras em Curitiba. A revitalização da Desembargador Antônio de Paula modificará 2,4 quilômetros da via, no trecho entre as ruas Francisco Derosso e Marechal Floriano Peixoto. A obra inclui terraplenagem, drenagem, calçadas, paisagismo, iluminação pública, sinalização e uma rede subterrânea de transmissão de dados.

Derosso afirmou ontem que a viagem a Washington não foi apenas para conseguir verbas para a Rua Desembargador Antônio de Paula. “O programa do BID incluía obras na Eduardo Pinto da Rocha, na Fredolin Wolf, os Clubes da Gente. Não fui a Washington apenas para liberar verbas para uma rua”, afirmou. O vereador também disse que a população de diversos bairros será atendida pela obra. “São quase 200 mil pessoas beneficiadas por essa melhoria na via”, disse.

À reportagem, o vereador Derosso afirmou ontem que logo poderá anunciar mais uma obra que considera importante para a região, com a criação de um binário na Rua Francisco Derosso. Assim como a obra na Desembargador Antônio de Paula, essa seria uma antiga bandeira do vereador.

A prefeitura de Curitiba afirma que a obra iniciada na Desembargador Antônio de Paula é importante para vários bairros da região. “Estamos criando um novo eixo viário na cidade. Essa obra, junto com a revitalização da Eduardo Pinto da Rocha, vai integrar os bairros Umbará e Boqueirão”, afirmou o prefeito Luciano Ducci, em declaração à agência de notícias da prefeitura de Curitiba.

Na edição de ontem, a Gazeta do Povo mostrou que 30 dos 38 vereadores de Curitiba já fizeram requerimentos formais à prefeitura para que realize melhorias nas próprias ruas em que moram. Os parlamentares, no entanto, negam que tentem se beneficiar e afirmam que fazem os pedidos de obras a pedido da população.

Via Gazeta do Povo 31-05-2011

Curitiba é o 5º lugar no ranking de fumantes

O percentual de fumantes em Curitiba a partir de 18 anos caiu de 19,3% em 2009 para 17%, no ano passado, conforme os resultados das pesquisas Vigitel de 2009 e 2010. A queda foi observada entre os homens (de 23% para 18,9%) e também entre as mulheres (de 16,1% para 15,4%), fazendo a Capital paranaense descer da segunda posição de maior prevalência de fumantes para o quinto lugar. Hoje é comemorado o Dia Mundial Sem Tabaco.

Para o coordenador do Programa Municipal de Controle do Tabagismo, João Alberto Lopes Rodrigues, o resultado reflete o impulso dado às ações de prevenção do tabagismo e atenção às pessoas que querem parar de fumar. “Temos aumentado o leque de abordagens de crianças e adolescentes sobre o tema, numa parceria entre as secretarias municipais da Saúde e da Educação que ganha cada vez mais corpo”, observa.

Segundo a Pesquisa de Saúde entre os Escolares, realizada em 2009 entre o Ministério da Saúde e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), dos 38,6% dos estudantes de 13 a 15 anos que afirmaram já ter experimentado o fumo, 39% eram meninas. Elas também são maioria quando o assunto é o uso continuado dessa droga lícita: 11%.

Nas abordagens dos adolescentes, o objetivo é fazer os jovens refletirem sobre o significado desse tipo de dependência na forma de bate-papos, performances e jogos. “A ideia é combater o cigarro, mas fazendo a prevenção entre quem não fuma e ajudando quem já se tornou dependente de maneira lúdica e que faça sentido para a experiência deles nesse momento”, diz Rodrigues.
Ações — Para marcar o Dia sem Tabaco, algumas ações estão programadas para hoje. anfletagens educativas nas Ruas da Cidadania acontecem das 9 às 12 horas e em nove terminais de ônibus das 17 horas às 18h30 estão entre as atividades organizadas pela Secretaria Municipal da Saúde.
As unidades de saúde programaram ações nas salas de espera das unidades de saúde, como realização de palestras, exibição de vídeos e aferição da quantidade de monóxido de carbono nos pulmões.

Haverá também uma caminhada de sensibilização sobre os malefícios do hábito de fumar e as estratégias ao alcance de quem quer largar o vício, com saída da Unidade de Saúde São João Del Rey (Regional Bairro Novo), às 8 horas, com destino à Rua da Cidadania do Bairro. Uma pesquisa do Ministério da Saúde mostra que os brasileiros fumantes somam 15,1% da população. Em 1989, este índice chegou a 34,8% dos brasileiros.

Delegacia de Estelionato e Desvio de Cargas prendeu mais 7 envolvidos no contrabando de óculos

A Delegacia de Estelionato e Desvio de Cargas (Dedc) da Polícia Civil do Paraná deu sequência nesta segunda-feira (30) a segunda fase da Operação Ilusão de Ótica. A primeira parte, que aconteceu em março deste ano, desmantelou uma quadrilha de contrabando de óculos que operava há pelo menos 10 anos no Paraná, Santa Catarina, São Paulo e Minas Gerais. O grupo falsificava marcas famosas de óculos e vendia a preços mais acessíveis. Estima-se que o prejuízo ao fisco seja de mais de R$ 50 milhões. O cabeça da quadrilha, segundo a Polícia Civil, seria o ex-deputado federal de Minas Gerais pelo DEM, Francisco Sales Dias Horta.

De acordo com o delegado titular da Dedc, Cassiano Aufiero, o objetivo dos trabalhos de hoje foi de prender laranjas que auxiliavam no esquema fraudulento. “No início das investigações, acreditávamos que era apenas uma empresa que comprava os óculos falsificados (Grupo Veja) e repassava para as lojas Visomax no Paraná. Contudo, descobrimos que existiam 30 empresas de fachada em nome de laranjas que também faziam estas compras. Era um esquema complexo, que consumiu pouco mais de oito meses de investigação”, revela. Somente hoje, os policiais prenderem sete suspeitos e apreenderam R$ 100 mil. “Além das prisões, entre eles a de um doleiro que ajudava a esquentar o dinheiro, confiscamos R$ 100 mil e documentos que seriam utilizados para fraudar processos na justiça”, conta o delegado.

Aufiero informa que os óculos apreendidos na operação foram enviados para a perícia, para atestar, além da falsificação, se os produtos são nocivos à saúde. “Existe a possibilidade de que os óculos causem danos aos olhos. Se isso se confirmar, os suspeitos serão acusados também de danos contra a saúde pública, tornando o crime hediondo. As vítimas que compraram estes óculos devem procurar o Procon e a polícia para orientações”, avisa.

Questionado se os trabalhos estão completos, o delegado respondeu positivamente. “A não ser que haja uma reviravolta muito grande, o trabalho de investigação está encerrado. Vamos agora remeter o inquérito para as justiças Federal e Estadual para dar prosseguimento”, conclui.

Filho é suspeito de matar o pai em São José dos Pinhais

Um homem de aproximadamente 25 anos é suspeito de ter matado o pai em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, por volta do meio-dia desta segunda-feira (30). Ele foi preso pela Guarda Municipal cerca de cinco horas depois do crime.

Um dos guardas disse que o filho teria retirado o cabo de uma foice e usado a lâmina para golpear. O homicídio foi em frente a uma oficina mecânica, onde a vítima trabalhava, a poucas quadras da casa onde moravam juntos. Recentemente, o homem teria agredido outro parente.
Na fuga, o suspeito levou um tiro de raspão na perna. Foi levado ao hospital e, depois, à delegacia da cidade, onde deve passar a noite. “Ele está confuso, com as roupas sujas, vão tentar levá-lo para Complexo Médico-Penal”, disse a fonte.
Com poucas palavras que se poderiam entender, o homem estaria repetindo uma história de que o pai o teria ameaçado.

Câmara Municipal de Curitiba aprova em primeira votação auxílio-funeral para doadores de órgãos

A Câmara Municipal de Vereadores de Curitiba aprovou nesta segunda-feira (30), em primeira votação, o projeto de lei que sugere o pagamento de auxílio-funeral para doadores de órgãos. Para ser implementado, o projeto deve passar por segunda votação e pela sanção do prefeito Luciano Ducci (PSB).

O projeto foi proposto pelo vereador Jair César (PSDB) e, se aprovado, será válido para quem declarar em vida que é doador de órgãos ou se a família autorizar a doação após a morte. “Nós queremos atrair novos doadores”, afirmou César.

Jair César explicou que com a provação do projeto, o Executivo tem 60 dias para regulamentar como o auxílio-funeral deve funcionar. “Seja com uma urna, com o local ou translado do corpo, sempre a prefeitura vai poder ajudar”, declarou o vereador.

Dos 38 vereadores, 29 estavam em plenário no momento da votação. O parlamentar Paulo Salamuni (PV) foi o único a votar contra o projeto.

Mais tranquilidade nas proximidades do estádio Pinheirão

Em resposta às solicitações do vereador Professor Galdino (PSDB), a Prefeitura Municipal de Curitiba deixou a cargo da Regional do bairro Tarumã a execução do fechamento da rua Diógenes Ridgey Racciop.
Situada nos fundos do estádio Pinheirão, a rua em questão passou a ser uma dor de cabeça aos moradores quando motoqueiros passaram a realizar manobras perigosas e traficantes e usuários de drogas passaram a frequentar o local que encontra-se abandonado, trazendo riscos aos moradores da região.

Olho aberto nas eleições 2012: Vereador Professor Assis (PSDB) é a bola da vez em São José dos Pinhais

Vista aérea de São José dos Pinhais

São Jose dos Pinhais está localizada na região metropolitana de Curitiba, é a sexta cidade do Paraná em nº de habitantes, tendo aproximadamente 270 mil habitantes e aproximadamente 155 mil eleitores estando entre os 10 maiores colegios eleitorais do Paraná, é o 3º município em receita do Paraná, perdendo apenas para Curitiba e Maringá.
Resultado oficial das eleições municipais em 2008, eleito prefeito Ivan Rodrigues (PTB), derrotando o atual prefeito na época Leopoldo Costa Meyer (PSDB)

Olho aberto nas eleições 2012

Nossa equipe esteve em São José dos Pinhais nos dias 24 e 25 de maio, falaram com pessoas em diversos bairros, fizeram entrevistas e conversaram com a população nos terminais de ônibus "Afonso Pena" e "central" e nas ruas do centro de São José dos Pinhais, chegando ao seguinte quadro naquele município:

O atual prefeito Ivan Rodrigues venceu a eleição em 2008 derrotando atual prefeito na época Leopoldo Costa Meyer (PSDB), assumiu a prefeitura com a promessa de revolucionar a cidade e a esperança do povo "São-Joseense", Ivan Rodrigues no decorrer de seu mandato teve alguns tropeços políticos e erros administrativos levantados pela nossa reportagem durante as entrevistas, os mais citados foram a dificuldade dos motoristas e pedestres transitarem no centro da cidade, frequentes alterações de sentidos de ruas, falta de sinalização ou sinalização precária, mas os pontos mais criticados pela população são a recente opção de trocar de partido, onde está de saída do PTB para o caçula PSD, deixando um certo ar de desconfiança na população no ponto "fidelidade partidária", alguns dias atrás o prefeito Ivan Rodrigues foi destaque estadual com a demolição do prédio histórico no centro da cidade, prédio este com 130 anos e abrigou por décadas a prefeitura municipal, e da noite para o dia foi demolido por ordem do prefeito, deixando a clara opinião sobre a destruição de uma parte da história de São José dos Pinhais, a dúvida entre o povo é sobre a necessidade ou não da demolição, recentemente lançada uma campanha de ação popular com o slogan "FORA IVAN"  (http://www.youtube.com/watch?v=C47qh8mdyfI&feature=player_embedded) algumas pessoas que ressaltaram o preço da tarifa do transporte coletivo é fator positivo dentro da administração do atual prefeito e mostraram-se satisfeitos por este fator.
Ivan Rodrigues provavelmente deverá disputar as eleições em 2012, fará uma tentativa de reeleição muito difícil e dura para tentar reconquistar os votos da população novamente como conquistou em 2008, praticamente impossível.

Outros nomes lembrados pela população que nos concedeu entrevistas e conversou com nossa equipe foram a do ex-prefeito Leopoldo Costa Meyer (PSDB), este foi prefeito no período de 2005 a 2008 e na tentativa de sua reeleição foi derrotado pelo atual prefeito, o resultado da eleição mostrou a insatisfação da população com seu governo e o tirou da prefeitura.

Na eleição de 2008 que Leopoldo foi derrotado por Ivan, a família Setim também sentiu o gosto da derrota nas urnas, o Deputado Federal "Setim" lançou seu filho Sandro Almir Setim na disputa, este amargou o 3º lugar na eleição, confirmando que o momento em 2008 era favorável a Ivan Rodrigues.

A bola da vez

O nome que surgiu no meio do povo "São-Joseense" como destaque para disputar as eleições 2012 é a do vereador Professor Assis (PSDB), este foi citado diversas vezes durante as entrevistas como "a bola da vez" para ser candidato a prefeito de São José dos Pinhais, as entrevistas mostram que a popularidade do Vereador está na sua trajetória política no município, Professor Assis está no seu 5º mandato consecutivo na Câmara de Vereadores (1993/1996; 1997/2000; 2001/2004; 2005/2008 e 2009/2012), e no 4º mandato consecutivo como presidente daquela casa de leis (2005/2006,2007/2008,2009/2010 e 2011/2012), Professor Assis tem em seu currículo político outros importantes cargos ocupados por ele, como por exemplo Administrador no Ministério da Agricultura, perído de 1982 a 1996 e Secretário Municipal da Cultura em São José dos Pinhais em 2001, Professor Assis leciona na Faculdade Metropolitana de Curitiba (FAMEC) desde 2001, Professor Assis é Graduado em Administração e Pós-graduado em Magistério Superior, entre alguns de seus projetos como vereador destacamos: A obrigatoriedade de instalação de portas eletrônicas com detector de metais e travamento automático nas agências bancárias da cidade ((Projeto de Lei n° 161/1995), criação do passe escolar para alunos de baixa renda da rede pública de ensino (Indicação n° 1948/1997), criação do passe escolar universitário (Projeto de Lei n° 436/2004),proibição do uso de animais em circos (Projeto de Lei n° 508/2007),Criação do PROCON municipal (Indicação n° 533/2009), Criação da premiação “ALUNO NOTA DEZ” (Projeto de Lei n° 269/2010) entre vários outros, Professor Assis também coleciona vária premiações em reconhecimento ao seu trabalho como: Vereador mais atuante e Vereador destaque e outros.

Grande aliança política

Nas entrevistas realizadas no centro de São José dos Pinhais um novo quadro político surgiu, pessoas comentaram sobre o que deve acontecer nas futuras alianças e apoios em uma provável candidatura do Professor Assis (PSDB), ressaltam que o Deputado Federal Setim e o Deputado Estadual Chico Bier, bem como o ex-prefeito Leopoldo Costa Meyer devem estruturar uma grande frente partidária em apoio ao Professor Assis (PSDB), segundo as entrevistas o povo acredita que o Vereador Professor Assis (PSDB) seja mesmo "a bola da vez" para disputar o cargo de prefeito de São José dos Pinhais, alguns comentários ressaltaram que "eles" já foram , agora é a vez do Assis...

Tucanos em alta no Paraná

Outro fator levantado em São José dos Pinhais foi em relação ao PSDB, Vereador Professor Assis é o atual presidente da sigla no município, conta com o apoio partidário do Governador Beto Richa (PSDB) e do maior destaque atualmente na política Paranaense, o Deputado Valdir Rossoni, atual Presidente da Assembléia Legislativa do Paraná, que vem destacando-se pelas grandes medidas de moralização da ALEP neste ano, chegando a devolver R$ 10 milhões de reais ao governo para ser investido na Saúde do estado, com certeza apoios de peso que fazem a diferença nas eleições de 2012.

A reportagem acima, bem como os levantamentos foram realizados na cidade de São José dos Pinhais nos dias 23 e 24 de maio, e em data futura voltaremos ao município para novas reportagens e acompanhar o cenário político até as eleições de 2012.

Publicado originalmente em http://olhoabertopr.blogspot.com/2011/05/vereador-professor-assis-psdb-e.html

Acompanhem no link abaixo a nossa série de reportagens denominada "olho aberto nas eleições 2012"



Olho aberto nas eleições 2012

Colisão frontal deixa 8 pessoas feridas e motorista acusa o outro de invadir pista contrária.

Uma colisão entre dois carros envolvendo 10 pessoas foi registrada nas primeiras horas deste domingo (29) na região do bairro Cajuru em Curitiba. Dois carros bateram de frente deixando 8 pessoas feridas na rua Antônio Moreira Lopes, próximo ao Parque dos Peladeiros por volta das 5h. Foram necessárias quatro ambulâncias para atender as vítimas, porém, nenhuma delas corre risco de morte.

O Uno era conduzido por Alexandro Alves dos Santos, que segundo a polícia acusa Valdecir dos Santos, motorista do Celta, de ter invadido a pista contraria. “O rapaz alega que ambos vinham pela mesma rua só que em direções contrárias. Num dado momento o condutor do Celta teria invadido a pista do Uno. Ele alega que não teve tempo de desviar e impedir a colisão”, disse o policial militar Luiz Carlos do BPTran (Batalhão de Polícia de Trânsito).

Todas as vítimas foram levadas para uma Unidade de Saúde 24 horas e as investigações para apurar a reais causas do acidente ficam a cargo da Delegacia de Delitos de Trânsito.



Fonte: http://bandab.pron.com.br/30/05/2011

Lista mostra políticos donos de emissoras.

O Ministério das Comunicações passará a divulgar a partir de hoje o cadastro dos donos de emissoras de rádios e tevê no país. Na lista cons­­tam os nomes de 56 deputados e senadores que são sócios ou têm parentes no controle de emissoras. Entre eles, os deputados fe­­derais Moacir Micheletto (PMDB-PR), Ratinho Jr. (PPS-PR) e Sandro Alex (PPS-PR).

Considerado uma “caixa-preta”, o cadastro passará a ser divulgado pelo site do ministério (www.mc.gov.br) e faz parte de um conjunto de medidas do governo para tentar combater irregularidades na área, como o uso de “laranjas” para esconder o verdadeiro dono, o que facilita a venda posterior da concessão. O cadastro traz um mapa das 291 tevês, 3.205 rádios e 6.186 retransmissoras comerciais existentes no Brasil.

Pela legislação, o político pode ser sócio de emissora de rádio ou tevê, mas não deve ser diretor. A principal crítica é o uso da emissora para alavancar candidatura e prejudicar adversários.

O deputado federal Moacir Micheletto consta como sócio da Rádio Jornal Assis Chateaubriand e da Rádio Pitiguara. “Tenho participação em emissora há 30 anos, época em que nem sonhava em virar deputado. Acho bom que a lista seja divulgada, pois no meu caso não há nada oculto”, diz. Ele defende a modernização das re­­gras de concessão, pois diz acreditar ser errado um político com mandato usar desse privilégio para conseguir concessões.

O pai de Ratinho Jr, Carlos Roberto Massa (o Ratinho), é sócio diretor da Rádio e Televisão Iguaçu. Para o deputado, a divulgação da lista é legítima. “Uma pessoa ser diretora de emissora não influencia em uma campanha eleitoral, já se é um apresentador, um comunicador, não serei hipócrita em dizer que não. Mas se for considerar isso errado, então um médico de posto de saúde, que atende uma centena de pacientes por dia, também não poderia entrar na política”, compara Ratinho Jr. Ele afirma defender a fiscalização contra o uso de “laranjas” para a compra de emissoras.

A mãe de Sandro Alex, Maria Luiza de Concei­ção Cruz de Oliveira aparece na lista como diretora da Rádio Nilson de Oli­­veira, em Ponta Grossa. A emissora leva o nome do pai, também sócio da rádio. Dentre os diretores de emissoras no Paraná aparece o nome de Aníbal Khury Jr, pai do deputado Alexandre Curi (PMDB), diretor da Rádio Poema de Pitanga.

Além da divulgação do cadastro, o governo pretende mudar as regras das concessões de rádio e tevê e passará a exigir que os interessados nas licitações comprovem capacidade financeira para bancar a montagem das emissoras. Para isso, subirá o valor do depósito de caução de 1% para 20%. Ainda será exigido um parecer de auditoria independente sobre a situação da empresa, entre outras medidas.


Ministério deve endurecer regras de concessão

Daniela Neves

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, diz que a intenção do governo, com a publicação dos nomes de proprietários de emissoras de rádio e tevê, é cumprir com a obrigação de dar publicidade aos contratos de interesse público. Mas ele espera que a população consulte a lista e possa, inclusive, denunciar “falsos” donos de emissoras. Bernardo defende a proibição de que políticos sejam sócios de emissoras, apesar da dificuldade em aprovar uma modificação na lei nesse sentido.

Qual é a intenção do Ministério das Comunicações ao publicar essa lista com os proprietários de emissoras?

A nossa iniciativa tem o objetivo primeiro de cumprir um mandamento constitucional de dar publicidade, transparência, aos contratos de interesse público. Começamos a discutir essa divulgação ainda em janeiro, porém não tínhamos, e ainda não temos, condições de montar um banco de dados, com informações sempre atualizadas. Assim, estamos publicando uma versão em PDF, na qual o cidadão pode fazer uma busca por nome de emissora, ou de pessoas que acha que têm ações de emissoras. Vamos deixar dessa forma enquanto não tiver condições de avançar.

Há a intenção de que, com a divulgação da lista, apareçam denúncias de proprietários “laranjas”?

O objetivo principal é dar transparência de dados da administração pública. Se tiver alguma rádio, por exemplo, no nome da empregada do verdadeiro dono, vai estar lá exposto. São praticamente 10 mil emissoras outorgadas. É muito difícil passar um pente fino em todas. Levaríamos os quatro anos da gestão fazendo isso. É mais eficaz colocar as informações no site e alguém, “bisbilhotando”, encontrar alguma irregularidade.

O que acha da participação societária de políticos em emissoras?

Pela legislação, não é proibido ser sócio, apenas não pode ser diretor. Mas é melhor para o político que é sócio que o nome esteja lá (na lista divulgada pelo governo). Acho mais grave se o parlamentar tiver sociedade em uma rádio, ou tevê, e o nome não estar na lista. Pode ser um eventual irregularidade, ou ao menos omissão de informação.

O ministério pretende endurecer as regras para concessões?

Pretendemos modificar as regras para as concessões comerciais. Vamos apresentar uma proposta de texto de decreto e levar à presidente Dilma. Para as emissoras comerciais, vamos exigir um parecer de auditoria independente sobre a situação da empresa. Só receberá a concessão quem realmente tiver condição financeira de montar a emissora. O que já aconteceu muito é o sujeito ganhar a licitação, porém não ter condições de montar a emissora. E como o processo demora um, dois, três anos tramitando no Congresso, ele fica nesse tempo tentando negociar a concessão, tirando vantagem nesse processo. Vamos exigir pagamentos maiores e com menor prazo, mas não queremos arrecadar mais. Queremos que o serviço seja de boa qualidade.

O senhor defende mudanças na lei para participação de políticos em emissoras?

Não tenho nada contra políticos. Mas o uso da radiodifusão tem de ser de interesse geral da população. O que não pode acontecer é usar a informação de forma filtrada e, por exemplo, em uma cidade com dois candidatos, um com apoio da rádio e outro não, o segundo ser prejudicado. Isso altera as condições de disputas eleitorais. Acho, pessoalmente, que não deveria ser permitido um político ser sócio de emissora. É uma concessão pública como qualquer outra, como de rodovias, por exemplo.

Gazeta do povo 30/05/2011

Gerente e estagiário são presos por simular roubo da própria agência que trabalhavam

Dois jovens foram presos em Curitiba, na madrugada do último sábado (28), suspeitos de assaltar o cofre da agência bancária onde trabalhavam. Um deles tem 20 anos, estudava administração e era gerente na agência. Já o outro suspeito, de 18 anos, era estudante de direito e atuava como estagiário do banco.

Segundo informações da Polícia Civil, por volta das 20h de sexta-feira (27) o gerente acionou a polícia afirmando ter sido vítima de um assalto. No relato, ele informou que havia sido rendido por um homem quando deixava a agência, e sido obrigado a retornar para abrir o cofre e entregar o dinheiro ao assaltante. Ele também contou que, após o assalto, o bandido o levou dentro do carro até próximo a um posto de saúde, onde o abandonou após errar uma tentativa de tiro.
Após ouvir a versão do gerente, o delegado do Centro de Operações Policiais Especiais (COPE), Amarildo Antunes, suspeitou do caso. “Nós estanhamos a versão dele porque havia contradição. Acionamos a criminalística e o Instituto de Identificação para colheita de impressões digitais”, explicou o delegado.

O COPE realizou reconstituições do crime durante a madrugada, acompanhado de funcionários do banco, até que, por volta das 5h, o gerente confessou que ele e o estagiário haviam retirado o dinheiro e simulado o assalto.
O delegado informou que o gerente estaria endividado, por isso armou o golpe. Na confissão, ele disse que havia retirado quantias de dinheiro do cofre ao longo da semana.
Simulação
De acordo com o delegado, o gerente e o estagiário simularam toda a ação, inclusive o sequestro. Ao chegar ao posto de saúde, de onde acionou a polícia, o gerente pediu para que o estagiário atirasse contra uma de suas pernas. “Ele queria justificar o assalto e depois entrar com processo de danos morais contra o banco por ter sido baleado”, informou Antunes. Diante da recusa, ele mesmo teria tentado atirar, mas por não saber manusear a arma errou o disparo.
Na casa do estagiário foram encontrados R$ 20 mil e a arma utilizada para o golpe. Já na residência do gerente a polícia localizou outros R$ 20 mil que haviam sido roubados. O banco ainda não efetuou o balanço para saber a quantia exata que os dois conseguiram retirar dos cofres.
O delegado infromou que eles irão responder pelo crime de furto, cuja pena deve ser de aproximadamente 5 anos. Ele lamentou a ação dos jovens: "...o mais grave é que são dois garotos, que acabaram com a vida...", disse.

G1

O Secador de Cabelo

Uma Senhora muito distinta estava em um avião vindo da Suíça. Vendo que estava sentada ao lado de um padre simpático, perguntou:
- Desculpe-me, padre, posso lhe pedir um favor? - Claro, minha filha, o que posso fazer por você? - É que eu comprei um novo secador de cabelo sofisticado, muito caro. Eu realmente ultrapassei os limites da declaração e estou preocupada com a Alfândega. Será que o Senhor poderia levá-lo debaixo de sua batina? - Claro que posso, minha filha, mas você deve saber que eu não posso mentir! - O Senhor tem um rosto tão honesto, Padre, que estou certa que eles não lhe farão nenhuma pergunta. E lhe deu o secador. O avião chegou a seu destino.Quando o padre se apresentou à Alfândega, lhe perguntaram: -Padre, o senhor tem algo a declarar? O padre prontamente respondeu: - Do alto da minha cabeça até a faixa na minha cintura, não tenho nada a declarar, meu filho. Achando a resposta estranha, o fiscal da Alfândega perguntou: - E da cintura para baixo, o que o Senhor tem? - Eu tenho um equipamento maravilhoso, destinado ao uso doméstico, em especial para as mulheres, mas que nunca foi usado. Caindo na risada, o fiscal exclamou:
- Pode passar, Padre! O próximo...

A inteligência faz a diferença.
Não é necessário mentir, basta escolher as palavras certas.

Thomas, o gatão.

Curitiba tem madrugada mais gelada do ano: 5,2ºC.

Após o frio intenso que atingiu o Paraná no domingo (29), o início de semana continua gelado no Paraná e com registro de geada nesta segunda-feira (30). Curitiba, Ponta Grossa, União da Vitória, Guarapuava, Rio Negro e Francisco Beltrão foram alguns dos municípios onde geou nesta segunda, de acordo com o Instituto Tecnológico Simepar.

Na capital, a mínima foi de 5,2ºC nesta segunda-feira. Essa foi a temperatura mais baixa da capital em 2011. A marca anterior era de 5,3ºC, a qual tinha sido obtida no domingo.

A mínima do estado nesta madrugada foi de 0ºC e ocorreu em São Mateus do Sul, na região Sul do Paraná. O recorde de temperatura do ano foi registrado no domingo (29) em Guarapuava. Os termômetros marcaram -0,5ºC.


Havia previsão de geada também para o Norte Pioneiro. "A região apresentava condições para a formação do fenômeno, mas ele ainda não tinha sido observado nesta segunda", afirmou o meteorologista Cezar Duquia, do Instituto Tecnológico Simepar.

Confira a previsão de temperatura para essa segunda-feira e nos próximos dias.


Próximos dias

O sol deve predominar ao longo da semana e as temperaturas devem aumentar durante as tardes. A intensidade do frio deve diminuir a partir de quinta-feira (2), segundo o Instituto Tecnológico Simepar.

Uma frente fria deve ocasionar chuva no Paraná na sexta-feira (3) e no sábado (4).

Ressaca em Matinhos

A passagem de um ciclone e de uma frente fria provocaram ressaca no litoral paranaense no domingo (29). Em Matinhos, as ondas chegaram a três metros de altura. Não houve danos materiais na orla.

O Corpo de Bombeiros de Matinhos informou que o alerta está mantido para essa segunda-feira (30). Apesar disso, o mar está mais calmo e não havia registro de ressaca.

Gazeta do Povo 30/05/2011

Vereadores usam mandato para beneficiar ruas onde moram.

Dos 38 vereadores que atualmente exercem o mandato em Curitiba, 30 (78%) já apresentaram requerimentos para que a prefeitura da cidade realize melhorias nas ruas em que eles mo­­ram. Os pedidos são dos mais variados tipos e vão desde melhoramentos na iluminação pública até o asfaltamento da via e são atendidos pela prefeitura. Os vereadores ga­­rantem que não estão le­­gislando em causa própria, em­­bora cien­­tistas políticos afirmem o contrário.

Pavimentação - Foram feitos 47 pedidos de revitalização de ruas e pavimentação asfáltica
Políticos dizem que vizinhos fazem pressão

Os vereadores de Curitiba que pe­­diram benefícios para as suas ruas alegam que as solicitações são feitas para beneficiar toda a comunidade e que os próprios vizinhos fa­­­­zem pressão para que as obras sejam reivindicadas. “Eu sou co­­brado por amigos, por vizinhos. Os requerimentos que faço são a pedido da própria população”, afirma o vereador Celso Torquato (PSDB).

Obras em frente de casa

Alguns casos de requerimentos dos vereadores de Curitiba, pe­­dindo melhorias para a rua em que moram, chamam a atenção pelo uso do número da própria residência do parlamentar como referência para as obras. Um exem­­plo é o caso do vereador Sa­­bino Picollo (DEM) que, em pelo menos seis requerimentos, citou o número do edifício no qual mora, no bairro Champagnat, para pedir operação tapa-buracos, reparos no asfalto, mudança de horário de coleta de lixo e a colocação de uma placa proibindo o estacionamento em um dos lados da rua marginal que dá acesso ao condomínio.

Produção

Em 2010, cada parlamentar fez, em média, 400 requerimentos

Os requerimentos de obras e melhorias são parte importante da produção legislativa dos vereadores. No ano passado, de acordo com registro mantido pela própria prefeitura de Curitiba, foram feitos 15 mil pedidos pelos parlamentares muncipais. Isso significa uma média de quase 400 solicitações para cada um dos 38 vereadores. Ou seja: são 41 requerimentos protocolados a cada dia na Câmara.

O número é 38 vezes maior do que a quantidade de projetos apresentada pelos vereadores no mesmo período. O site da Câmara Municipal mostra que entre 1º de janeiro de 2010 e 31 de dezembro, foram protocolados 437 propostas de lei para a cidade. Dessas, no entanto, 55 foram de iniciativa da própria prefeitura. Portanto, apenas 382 foram levados à Câmara por vereadores. A média, nesse caso, é de dez projetos por parlamentar.

A maior parte dos projetos é considerada de baixa relevância. Em 2010, por exemplo, dos 382 projetos, a maioria foi para dar nomes a ruas e praças. Foram 113 iniciativas dessa natureza. Em segundo lugar, aparecem os pedidos para que instituições da cidade sejam declaradas de utilidade pública, com 80 proposições.

Além dessas, também foram registradas em 2010 outras 32 propostas que indicavam pessoas a prêmios internos concedidos pela Câmara, 28 projetos que indicavam pessoas para receber cidadania honorária de Curitiba e três propostas que tinham a intenção de conceder o título de “vulto emérito” a cidadãos curitibanos. (RWG)


A lista dos requerimentos feitos pelos vereadores está disponível no site da Câ­­mara Municipal. A re­­portagem conseguiu os endereços residenciais de todos os parlamentares da cidade e fez o cruzamento. O resultado foi que apenas oito nunca fizeram ne­­nhum pedido para a rua em que residem atualmente. O le­­vanta­men­to não in­­clui en­­­­dereços an­­­­teriores nem imóveis co­­merciais.

Os requerimentos formais dos vereadores são encaminhados à prefeitura. E embora não haja qualquer obrigação legal para que as obras so­­li­citadas sejam feitas, os próprios ve­­readores afirmam que o Exe­cutivo costuma atender às reivindicações. Em defesa de sua atua­­ção, os par­­la­­­men­ta­­res argumentam que estão beneficiando toda a população da rua.

Além dos pedidos formais, po­­rém, os vereadores também fa­­zem pedidos que não ficam registrados no sistema da Câ­­mara. De acordo com o vereador Aldemir Manfron (PP), que atende os bairros em torno de Santa Felicidade, a maior parte dos pedidos que ele faz é encaminhado diretamente às administrações regionais. “O prefeito dá liberdade para isso”, diz.

Valorização

Embora digam que não façam os pedidos para obter benefício próprio, os vereadores saem ganhando com a realização de obras em sua região. Segundo especialistas em imóveis, não há dúvida de que as casas ficam valorizadas após as melhorias. “Quem não gosta de uma rua com asfalto bom, meio-fio, mato cortado, árvores bem plantadas, com todos os melhoramentos? Tudo isso são argumentos importantes de venda”, afirma Luiz Fernando Gottschild, presidente do Insti­tuto Paranaense de Pesquisa e Desenvolvimento do Mercado Imobiliário e Condominial (Inpespar), órgão ligado ao Sin­dicato da Habitação e Condo­mínios do Paraná (Secovi-PR).

Para o cientista político Adria­no Codato, da Universidade Fe­­deral do Paraná (UFPR), os ve­­rea­­dores estão claramente usando o mandato em causa própria quando fazem esse tipo de requerimento para a rua em que moram. “Eles contam com a desinformação e o desinteresse das pessoas. E o que é impressionante é que eles acham que não tem problema, que ninguém vai ficar sabendo, que isso é assim mesmo”, diz. “A classe política brasileira perdeu completamente a aderência aos padrões de respeitabilidade pública”, complementa.

Para Codato, o comportamento dos vereadores tem relação com a falta de atribuições do Legislativo municipal. “As casas legislativas acabam tendo poucas atribuições, já que o Executivo manda em quase tudo. Enquanto não fizerem a sua função, que é a de cobrar o Executivo, os vereadores vão ficar sem atribuições. E vão acabar sendo representantes de si mesmos, como mostra essa situação”, afirma.

Mestre em Ciência Política pela UFPR, Augusto Clemente afirma que o problema não está propriamente no fato de os verea­dores apresentarem os pedidos, mas sim na possibilidade de que a influência política deles leve o Executivo a moldar suas políticas públicas em razão de seu relacionamento com os parlamentares. “O que não pode é que eles sejam privilegiados em relação a outros grupos.”

Colaborou Mariana Scoz, especial para a Gazeta do Povo 30/05/2011

ABAIXO MATÉRIA RELACIONADA

Bruxo faz previsão polêmica sobre a Câmara de Vereadores de Curitiba
http://twixar.com/F0v9IntJ

domingo, maio 29, 2011

JULGAMENTO ACIRRADO:Beatriz Abagge é condenada a 21 anos e quatros meses de prisão

Beatriz Abagge foi condenada 21 anos e quatro meses de prisão pela morte do menino Evandro Caetano, ocorrida em Guaratuba, litoral do Paraná, em 1992. A decisão dos jurados foi lida por volta das 17h15. Ela poderá aguardar o recurso em liberdade. O julgamento foi realizado durante sexta-feira (27) e sábado (28) . Centenas de pessoas acompanharam as argumentações da defesa e da acusação. Os pais do menino Evandro também estiveram presentes.

Por já ter cumprido cinco anos e nove meses de prisão, Beatriz deverá cumprir o restante da pena em regime semi-aberto, caso não consiga reverter a condenação com o recurso que seus advogados vão impetrar.

Julgamento

No primeiro julgamento, em 1998, especialistas apontam que o principal motivo para a absolvição de Beatriz e Celina foi a inconsistência de algumas provas sobre a identificação do corpo encontrado como sendo o de Evandro, seis dias depois do desaparecimento do garoto. Agora, a promotoria rebateu o argumento apresentando laudos de DNA e de arcada dentária, não reconhecidos pela defesa.

A promotora Lucia Inês Giacomitti Andrich levou ao plenário e apresentou aos jurados um shorts e um chinelo, embalados em um saco plástico, que foram recolhidos no matagal em que o corpo identificado com o de Evandro foi encontrado. Ela disse com grande eloquência que o pai reconheceu as peças como sendo do filho e apresentou ainda laudos técnicos atestando o reconhecimento.

A promotora também rebateu o vídeo de 15 segundos apresentado pela defesa com cenas que mostrariam Beatriz sendo torturada pelos policiais para confessar o crime. Andrich apresentou outro vídeo de dois minutos que mostra, segundo ela, que nos 15 segundos que Beatriz estaria sendo torturada, na verdade, o policial estava pedindo para que ela olhasse para a câmera e admitisse o crime.

A promotoria também rebateu a alegação da defesa de que Beatriz teria sido estuprada com a introdução de um pedaço de cano em suas partes íntimas, afirmando que não existe nenhum laudo médico que comprove isso, apenas a palavra dela.

Conheçam o Pipoca


Em uma parada em um posto de combustível no bairro Novo Mundo conhecemos o "pipoca", trabalhador, ele é pintor e nas suas horas de folga gosta de saborear sua "cervejinha", apresentamo-lhes o "pipoca"....

Fiscais protestam por reajuste salarial em Curitiba

Um boneco gigante do prefeito Luciano Ducci com um chicote na mão desfilou pela Boca Maldita na manhã deste sábado (28), para protestar as propostas da Prefeitura Municipal de Curitiba em relação ao reajuste salarial dos fiscais municipais responsáveis pelas secretarias de Meio Ambiente, Urbanismo e Abastecimento.

De acordo com a presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba (Sismuc), Marcela Alves Bonfim, desde julho do ano passado a categoria tenta negociar um novo reajuste com a prefeitura.

Marcela afirma que segundo análise realizada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), pela receita do município é possível realizar o reajuste salarial para R$ 1,1 mil. “Este aumento não causaria impacto aos cofres da prefeitura”, conta ela.

Marcela destaca que com a Copa do Mundo o trabalho de fiscalização deve ser intensificado. “Precisamos de uma garantia pelo esforço do nosso trabalho”.

O fiscal de meio ambiente e diretor do Sismuc, Eduardo Recker Neto, diz que o boneco representa bem como o prefeito trata os fiscais. “Ele não escuta a categoria, e pune os fiscais de maneira arbitrária” e completa “São resquícios da ditadura”.

Eduardo conta que a Rua XV ficou abandonada depois de processos de sindicância da prefeitura como punição para trabalhadores que participaram da paralisação de plantões noturnos e de finais de semana. “Virou um Paraguai a ceu aberto”.

Os fiscais reivindicam o reajuste do piso salarial para a categoria, que não acontece há 4 anos. Segundo Eduardo é um dos menores pisos das capitais brasileiras. “Até Campo Magro tem piso de R$1, 4 mil”.

A proposta feita pela prefeitura na semana passada não agradou os fiscais, pois a categoria só se aproximaria do piso reivindicado em 2013, quando o valor já deve estar novamente defasado.

Na próxima terça-feira (31), tem nova assembleia para dar continuidade à negociação.

REPORTAGENS: Olho aberto nas eleições 2012

Começa na próxima segunda-feira (30) a série "olho aberto nas eleições 2012", com reportagens, enquetes nos municípios Paranaenses mostrando o cenário político para as próximas eleições.
Nesta série, repórteres e correspondentes do "olho aberto" estarão viajando o Paraná e "infiltrados" no dia-a-dia nestas cidades, realizarão reportagens em contato diretamente com a população, em praças, ônibus, mercados, colégios, faculdades e etc.. , podendo assim mostrar jornalísticamente o real cenário político das eleições 2012 no Paraná.

Participação

Você poderá participar enviando informações e pautas sobre as eleições em sua cidade, assim colaborando com nossas reportagens, após analisado os dados informados no email uma equipe viajará até sua cidade para realizar as reportagens e posteriormente a publicação do real quadro político, para participar envie email para olhoabertoparana2009@hotmail.com com o título OLHO ABERTO NAS ELEIÇÕES 2012.

Fonte: OLHO ABERTO PARANÁ
http://olhoabertopr.blogspot.com/2011/05/olho-aberto-nas-eleicoes-2012.html

sábado, maio 28, 2011

Hospital Nossa Senhora das Graças necessita de doação de sangue

Hospital Nossa Senhora das Graças
Instituto Pasquini- Rua Alcides Munhoz, 433 - Bairro Mercês - Curitiba - Paraná
De 2ª á 6ª das 8h ás 18h - Sábados das 8h ás 12h

Paciente:Doar LIVIA MARTINS SANTOS

Podem doar sangue de qualquer tipo. A campanha é para todos os
pacientes do hospital com Leucemia!

Obrigado e que Deus te abençoe!

Dr. René Santos Neto

Rubens Bueno prestigia pré-candidatos a prefeito em Curitiba

Chik Jeitoso, Rubens Bueno e Issan

Eleições 2012

Como já dito anteriormente neste blog, o PPS mostrou mais uma vez sua grandeza partidária e de mangas arregaçadas ruma para candidaturas próprias nos 399 municípios do Paraná nas eleições 2012, e no final da tarde deste sábado (28) em Curitiba o Presidente Estadual do PPS, Deputado Rubens Bueno conversou com dois pré-candidatos a prefeito, de um lado Chik Jeitoso (PPS) pré-candidato a prefeito de Curitiba e do outro lado o empresário Issan Russein (PPS) pré-candidato a prefeito de Araucária, na pauta da conversa o encontro nacional dos pré-candidatos a prefeito do PPS, as articulações políticas, coligações, convenções, novas filiações e o fortalecimento do PPS nas eleições 2012.

Chik Jeitoso parabenizou Rubens Bueno pela grandeza que conduz o partido no Paraná, pela sua serenidade partidária que neste momento tem a disposição do partido duas pré-candidaturas, a de Chik Jeitoso e a da Vereadora Renata Bueno, filha de Rubens Bueno.

Issan frizou a força do PPS em Araucária e confirmou novamente sua Pré-candidatura a prefeito daquele município, ressaltou vários apoios de outras legendas na sua candidatura, demonstrando confiança no projeto para as eleições 2012.

Rubens Bueno vem destacando-se na câmara federal e bem representando o estado do Pr, fortalecendo ainda mais o PPS nacional e claro, o PPS Paranaense.
O Presidente do PPS ressaltou a importância do PPS em lançar candidaturas majoritárias e chapas completas de vereadores nos 399 municípios do Paraná, "Somos grandes e mostraremos isto mais uma vez nas urnas ano que vem", destacou Bueno.

O encontro nacional dos pré-candidatos a prefeitos do PPS acontecerá no próximo dia 10 em Brasilia, Chik Jeitoso e Issan aproveitaram a ocasião e confirmaram presença no evento com o Rubens Bueno.

EXCLUSIVO: 10 anos de silêncio, verdadeiro sombra conta os quase 5 anos junto com Ratinho do Sbt


Em entrevista exclusiva o verdadeiro "SOMBRA" fala sobre os anos que trabalhou com Ratinho do SBT:

O que o livro não contou, o livro não contou tudo da vida

1 -A mandiga, aonde foi feita como foi feita, o que usou, porque deu certo, o que foi pedido para ficar rico, milionário, do anonimato para a fama, o que ele prometeu?
2 -A perseguição
3 -Os ataques
4 -As brigas bastidores
5 -Veja como foi que o ratinho ficou no lugar de luiz carlos alborghetti
6 - Como conquistou o apelido sombra
7- Porque o carlinhos do bacacheri brigou com ratinho depois de 10 anos
8 -O fiat elba
9 -O tempra bordo era abastecido com identidade
10- Como foi para rede nacional na cnt
11-Os selos
12-O caminhão
13-A sauna
14-O ex motorista
15-O bicheiro
16-A radio eldorado ( ex radio, )
17-Os inimigos
18-A mandiga, aonde foi feita como foi feita
19- Coisa de louco
20- As lagrimas, porque ele chorou?
21- O banestado
22- As brigas
23- A secretária eliane
24- O segredo
25 -O vicio
26-Os telefonemas
27- A cantora perla
28- As previsões
29-As reportagens
30-Deputado federal
31-A derrota para deputado estadual
32-Como foi a reunião para record , aonde foi o jantar
33-As camisas coloridas
34-Willian barbosa
35-Minhas 2 idas no programa
36-Porque ele chutou minha mesa ao vivo
37-Porque ele me proibiu a frequentar o bar stuart
38-O quaquete
39-O ex-motorista
40- X9
41-Os 25 CDs que o Alborghetti deixou antes de falecer
42-As dificuldades
43-Como liguei a agua cortada dele
44-Como liguei a luz cortada dele
45-As matérias montadas
46-Os medos
47-O batatinha
48-O desabafo dentro do tempra
49-A primeira casa da praia de matinhos
50-As dívidas
51-Os cheques
52-O prefeito
53-O anibal kury
54-O empregado
55-As pragas, e como ele jogava praga em todo mundo
56-A falta de dinheiro
57-Os videos que chegava na Cnt
58-Porque ele quer o filho prefeito de Curitiba e depois governador do Paraná
59 a 77 editando....

Ao total foram 77 perguntas " sem censura" e 77 respostas polêmicas, reveladoras, bombásticas, assustadoras, jamais vista ou divulgadas por algum orgão de imprensa, O verdadeiro Sombra revelou a intimidade nua e crua, emocionou-se e chorou 5 vezes durante a entrevista, revelou o enigma do porque que o apelido "sombra" é usado até hoje, tem um segredo? E porque hoje a dívida passa de R$10 milhões?

Colisão entre carro e ligeirinho no Centro deixa dois feridos

Duas pessoas ficaram feridas em um acidente de trânsito no Centro de Curitiba, na manhã desta sexta-feira (27), por volta das 5h50. Um veículo Parati colidiu com ônibus ligeirinho da linha Colombo-CIC no cruzamento da Avenida Sete de Setembro com a Rua Alferes Poli.

O veículo Parati descia a Rua Alferes Poli e testemunhas disseram que o motorista do automóvel teria avançado o sinal vermelho e colidiu com o ônibus.

Com o impacto da batida, o carro atingiu uma placa de trânsito e depois capotou várias vezes. O veículo foi parar em frente à Catedral da Fé, da Igreja Universal do Reino de Deus, e ficou preso entre as colunas da estrutura do imóvel.

O motorista e o passageiro foram socorridos pelo Siate e encaminhados para o Hospital Evangélico. Havia 12 pessoas no ônibus no momento do acidente, mas ninguém ficou ferido.

A assessoria de imprensa do Hospital Evangélico informou que o estado das vítimas era estável, mas não havia previsão de alta. Um dos homens bateu a cabeça e seria reavaliado.

sexta-feira, maio 27, 2011

Polícia descobre desmanche e prende sete no Xaxim

Policiais civis encontraram, na tarde desta sexta-feira (27), um desmanche de carros roubados em Curitiba. A oficina ilegal funcionava em uma residência na Rua Osni Silveira, no bairro Xaxim. No local foram encontrados 14 veículos, alguns já parcialmente desmanchados. Sete pessoas foram presas.
De acordo com o delegado Francisco Caricati, do 10º Distrito Policial, além de vender as peças dos veículos roubados, a oficina eram usada para adulterar placas e números de chassi. “Eles compravam carros acidentados e encomendavam o roubo de um veículo semelhante. Então usavam o número das placas e do chassi do acidentado para esquentar o do roubado”, explicou o delegado.
Foram detidos o proprietário da oficina e seis pessoas que trabalhavam no local. Entre os veículos encontrados no desmanche estão dois caminhões avaliados em cerca de R$ 350 mil cada. Uma das carretas havia sido roubada em São Paulo na semana passada.

 Fonte: Gazeta do povo 27/05/2011

quinta-feira, maio 26, 2011

Prefeito Luciano Ducci não compareceu em evento da educação municipal






Comunidade escola

Na noite de quinta-feira (26) houve uma grande confraternização na educação municipal de Curitiba,aproximadamente 3 mil pessoas,  era a certificação 2011 para professores, diretores (as), voluntários e parceiros do projeto "comunidade escola".

Nossa reportagem esteve no evento, pois tínhamos informação de que o prefeito Luciano Ducci (PSB) estaria presente prestigiando a "Educação Municipal", mas para nossa surpresa ele não apareceu.
No corredores do Restaurante Madalosso, local onde foi realizado o evento, alguns comentários foram registrados sobre a ausência do Prefeito, alguns falaram que o Prefeito tinha outro compromisso, outros falaram que ele ficou com "receio" de ir ao evento devido as cobranças feitas por professores há alguns dias atrás no Teatro Guaira que o irritaram muito, e para evitar um maior desgaste entre Prefeito e Professores "olho a olho" no evento , ele pode ter preferido não comparecer..

Aproveitamos e parabenizamos a organização do evento, bem como em especial a todas as pessoas envolvidas no "comunidade escola".

Grave acidente na linha verde

Poste caiu em cima do Fiat Stilo
Fiat Stilo em alta velocidade derrubou 2 postes de iluminação
Varias viaturas do Siate, Samu, Policia Militar e Corpo de Bombeiros foram mobilizadas para atender o acidente

Alta velocidade

Eram aproximadamente 01:00 Hrs desta madrugada quando 4 jovens ocupando um Fiat Stilo de cor preta placas  ALQ 6928 em alta velocidade na linha verde, mas precisamente no cruzamento do semáforo da Vila São Pedro sentido centro, colidiram fortemente contra dois postes de iluminação, a colisão foi tão forte que derrubou dois postes de iluminação, no segundo poste. este caiu sobre o carro, o condutor do veículo e uma passageira foram socorridos e encaminhados ao hospital, a passageira ficou presa nas ferragens e foi um pouco complicado sua remoção, os outros dois jovens que estavam no veículo sofreram alguns cortes e escoriações e receberam atendimento no local.

Segundo informações os jovens haviam saido de uma festa nas proximidades, um outro grupo de amigos estavam no carro logo atrás e viram todo o acidente, segundo eles a alta velocidade pode ter provocado o acidente, alguns jovens apresentavam sinais de embriaguez.

Assista abaixo o vídeo completo sobre o acidente
Assista abaixo o vídeo completo do acidente

SE LEVANTOU do LADO ERRADO da CAMA...

Num convento, a Madre Superiora, rigorosíssima, levanta-se da cama e exclama:

- Que noite maravilhosa! Hoje estou tão feliz
que até vou tratar bem as freiras!

Saiu do quarto e encontra uma freira no corredor:

- Bom dia, Irmã Josefa. Está com muito boa aparência!
E que bela camisola está a tricotar!

- Obrigada, Madre. A senhora também está muito bem,
mas parece que se levantou do lado errado da cama, não?

A Madre não gostou nada do comentário, mas continuou.

Mais adiante, encontrou outra freira.

- Bom dia, Irmã Maria! Você parece muito bem!
E o seu bordado está lindo. Parabéns!

- Obrigada, Madre. A senhora também está com bom aspecto. Mas vê-se que hoje se levantou do lado errado da cama...

A Madre Superiora ficou furiosa, mas seguiu o seu caminho.

Todas as freiras que encontrava e cumprimentava, respondiam a mesma coisa.

Assim, quando chegou à sétima freira, já estava irritadíssima e resolveu tirar a história a limpo.

- Bom dia, Irmã Leonor. Por favor, seja sincera.
Eu estou com ar de quem se levantou hoje do lado errado da cama?

- Sim, Madre.

- E posso saber por quê?

- É que a senhora calçou as sandálias do Padre Antônio...

Thomas, o gatão.

Bruxo faz previsão polêmica sobre a Câmara de Vereadores de Curitiba

O Bruxo Chik Jeitoso fez ontem (25) uma previsão polêmica referente a Câmara de Vereadores de Curitiba, segundo o Bruxo em pouco tempo, questão de dias a Câmara irá passar por um período muito turbulento com uma série de denúncias, "o escândalo da Câmara poderá ser maior que o ocorrido na Assembléia Legislativa do Pr" ,em proporções jamais vistas anteriormente, declarou Chik Jeitoso.

Diários secretos, fantasmas e outros

Segundo a previsão do Bruxo o escândalo envolve denuncias de diários secretos, nomeações fantasmas e desvios de recursos públicos, "as cartas mostram o escândalo, vejo pessoas sendo presas", e influenciará diretamente nas eleições do ano que vem, vai acontecer afirmou Chik Jeitoso.

Reforma política

Quando questionado sobre os fatores da sua previsão, Chik Jeitoso falou que a "reforma" estrutural que a Câmara municipal está passando influenciará diretamente no escândalo da Câmara, "a reforma do prédio acordou os fantasmas adormecidos", vocês verão afirmou Bruxo Chik Jeitoso

Eleições 2012

Perguntamos ao Bruxo sobre uma previsão política após o escândalo, ele disse que 77% dos Vereadores que hoje estão lá não 'vão se reeleger, mas que o poder principal da casa, a presidência da Câmara irá mudar de "mãos" e um novo grupo irá comandar a Câmara.

Mãe morre e bebê chora no berço por 30 horas.

Com a mãe morta no quarto, a filha, de apenas 8 meses, chorava no berço, até ser encontrada, por volta das 18h30 de ontem, no apartamento de um condomínio, no Fazendinha.

Depois de colocar a filha para dormir, Ilka Pereira de Borba, 42 anos, deitou-se na cama e morreu. Uma funcionária da creche estranhou ela não ter levado a criança no dia anterior e entrou em contato com a irmã da vítima.

De acordo com informações da Delegacia de Homicídios, Ilka já estava há mais de 30 horas morta quando a irmã chegou e encontrou o bebê, bastante debilitado. A irmã encontrou a janela aberta de onde viu a sobrinha. Ela conseguiu arrastar o berço e correu com a criança para o hospital. Pela janela da sala, viu a irmã morta sobre a cama. O IML vai apurar a causa da morte.

Fonte:Parana online 26/05/2011

Movimento foi tímido em Curitiba.

Marcelo Pereira, da Abrasel: sem impostos, pratos estavam 30% mais baratos


O movimento pelo Dia Nacional de Respeito ao Contribuinte, realizado ontem em 14 cidades brasileiras, ocorreu de maneira bastante tímida na capital paranaense. O protesto, capitaneado em Curitiba pela Confederação Nacional dos Jovens Empresários (Conaje), tinha como objetivo conscientizar os cidadãos em relação a quanto se paga de imposto.

Os funcionários públicos Bruno Rodrigues e Elton Slomp ligaram para três estabelecimentos antes de sair para o almoço, mas apenas um disse estar participando. “Acabamos vindo aqui ao Babilônia, mesmo sendo o restaurante mais longe, porque é importante participar de iniciativas assim”, disse Elton.

Correção

Diferentemente do informado na edição de ontem da Gazeta do Povo, o Bar do Victor não participou da iniciativa de não cobrar os impostos na refeição. O Armazém Italiano ofereceu apenas um prato sem a tributação. As informações sobre os estabelecimentos participantes ha­­viam sido enviadas pela Asso­ciação Comercial do Paraná.

O Babilônia, no Batel, que pertence ao presidente do Conselho de Administração da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes do Paraná (Abrasel-PR), Marcelo Woellner Pereira, aderiu ao movimento oferecendo descontos de 30% em todo o cardápio. “Tivemos um aumento de 35% a 40% no movimento por conta do protesto”, conta Pereira.

Já o Armazém Italiano, de Bruno Draghi, ex-presidente da Abrasel Paraná, limitou a redução da valores a um único prato, mas apenas depois de ter sido procurado por consumidores que tinham lido nos jornais ou na internet a respeito do movimento. “Faltou articulação para fazer algo maior e melhor divulgado, envolvendo os 600 estabelecimentos da Abrasel. Eu tinha retirado minha participação, mas resolvi participar com um prato. Ainda sim, tive cerca de 40% de acréscimo na clientela do dia”, contou.

O empresário Francisco Urban, proprietário do Bar do Victor, explicou que havia desistido de participar também na noite anterior, assim como o Armazém Italiano. “Espero que para as próximas datas haja uma articulação maior, com mais tempo, e que mais empresários possam participar, mas de modo mais organizado.”

Dentre tantos tributos, os empresários reclamavam, principalmente, da alta carga tributária sobre a folha salarial – 20% são pagos como contribuição para a Previdência Social, algo bastante pesado para um setor que emprega 300 mil funcionários em todo o estado. “Poderíamos empregar mais pessoas se a carga fosse menor”, diz Pereira. Segundo o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT), os brasileiros trabalharão até o dia 29 deste mês apenas para pagar impostos.

O presidente do Conselho dos Jovens Empresários (CJE) da Associação Comercial do Paraná (ACP), responsável pela organização dos protestos em Curitiba, Monroe Olsen, foi procurado pela reportagem para comentar as falhas na articulação, mas não foi encontrado.

Gasolina

Nas cidades em que o movimento promoveu a venda de combustível sem impostos, a estimativa é de que tenham sido comercializados cerca de 25 mil litros de gasolina. O protesto ocorreu em São Paulo, Porto Alegre, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Manaus, Brasília, Vitória, Cola­tina (ES), Linhares (ES), Caxias (RS), Florianópolis, Blumenau (SC), Lages (SC), Joinville (SC) e Santa Rosa do Sul (SC).

Em Porto Alegre, motoristas formaram filas desde a madrugada do dia anterior para pagar menos ao abastecer. Em vez do preço normal de R$ 2,79, o litro da gasolina vendida no posto custou R$ 1,40, o que significa um desconto de 53,03% referente a impostos sobre o combustível. A partir das 8 horas houve distribuição de senhas para os motoristas, que podiam comprar no máximo 20 litros.

Fonte: Gazeta do Povo 26/05/2011

Coxa está na final da copa do Brasil

O Coritiba venceu na noite desta quarta-feira a equipe do Ceará por 1 a 0 e está nas final da copa do Brasil, o Coxa vai fazer a final contra a equipe do Vasco.

quarta-feira, maio 25, 2011

Ligações com ameaças de morte geram pânico em escola municipal.

O clima de pânico tomou conta da Escola Municipal Barão de Mauá em Colombo, região metropolitana de Curitiba, nesta terça-feira (24) depois de três ligações anônimas ameaçando de morte um professor e uma professora. A instituição fica na Vila Zumbi dos Palmares, região conhecida pela ação do tráfico de drogas e a incidência de violência. O nome do professor jurado de morte foi dito nas ligações, mas a identidade da professora não foi revelada. Como a maioria do corpo docente é composto por mulheres, o desespero foi generalizado.

“As três ligações aconteceram por volta das 11h da manhã. Quem estava do outro lado disse categoricamente que iria matar dois professores, um homem e uma mulher. Rapidamente a noticia se espalhou e antes do início das aulas da tarde, toda a escola esperava um atentado. O professor que teve o nome revelado pelos ameaçadores precisou se esconder. Já entre as professoras, a dúvida gerou ainda mais pânico”, disse o professor Claudinei Duarte de Lima que trabalha na instituição desde 2003 e preside o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Colombo.

As pessoas que atenderam os telefonemas não conseguiram identificar a voz que fez as ameaças e segundo a direção da escola, nos últimos dias não houve qualquer discussão entre professor e aluno que pudesse justificar as ameaças de morte. No entanto, a proximidade da instituição com locais conhecidos pelo alto índice de violência aumentou o medo de todos.

Transferência e polícia na escola

A Prefeitura da cidade e a Secretaria de Educação foram informadas sobre a grave situação. Segundo os funcionários da escola, houve a promessa de que o professor ameaçado fosse transferido o mais rápido possível. Mas a medida emergencial não contentou a comunidade escolar.

“Esta é uma maneira de mascarar o problema real. A saída do professor ameaçado não vai resolver o problema de violência do bairro e pode até estimular novas ações desta natureza. Esse profissional jurado de morte trabalha na escola a mais de 20 anos, já deu aula para pais de alunos, realmente é uma situação alarmante”, assinalou o professor Lima.

Ao contrário do que imaginavam pais e professores, as aulas não foram suspensas. Segundo a direção, viaturas da Polícia Militar foram acionadas pela Prefeitura para marcar presença na escola durante esta quarta-feira (25), a fim de garantir a segurança.

Fonte: http://bandab.pron.com.br 25/05/2011

NÃO INTERFIRA NA VOCAÇÃO DO SEU FILHO.

Quando Joãozinho era pequeno, queria ser bailarino e seus pais o desencorajaram,

porque era coisa de viado.

Logo depois, quis ser cabeleireiro, mas seus pais não deixaram porque era coisa de viado.

Passado algum tempo quis ser estilista, mas seus pais não permitiram porque era coisa de viado.

Joãozinho cresceu, é viado e não sabe fazer bosta nenhuma.

Thomas, o gatão.

terça-feira, maio 24, 2011

Luciano Ducci anuncia aumento no salário dos servidores

O prefeito de Curitiba, Luciano Ducci (PSB), anunciou nesta terça-feira (24) mudanças que vão aumentar o salário dos servidores municipais. De acordo com o projeto de lei enviado para Câmara dos Vereadores, as gratificações serão incorporadas ao salário dos profissionais. O acréscimo inicial varia de 10% a 25% e a implantação deve ser gradativa até cinco anos, dependendo da categoria. O anuncio foi feito no Teatro Guaíra, o maior da cidade.

Para os guardas municipais, por exemplo, o projeto de lei sugere que a nova política de remuneração substitua o plano de cargos de 2002. Caso o projeto seja aprovado, o salário dos guardas, que ingressam na corporação chegará em 2011 a R$ 1.500,00, se somada a gratificação extra de segurança. Em 2014, o valor deve chegar a R$ 1.950.

Outra medida anunciada foi à fixação da taxa de juros que pode ser cobrada dos servidores em caso de empréstimos descontados em folha de pagamento. Foi fixada por decreto uma taxa mínima de 1,32% e máxima de 1,75%. Além disso, os bancos cadastrados não poderão cobrar qualquer tarifa extra sobre a operação.

Também serão estendidos os benefícios de vale-alimentação e do Programa de Produtividade e Qualidade (PPQ).

G1

Paraná Clube empata em casa com a Portuguesa

Paraná Clube e Portuguesa empataram em 1 a 1 na noite desta terça-feira, na Vila Capanema, pela segunda rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Na etapa inicial, Jael, da Lusa, foi expulso, e o Tricolor abriu o placar com Welington. No segundo tempo, foi um jogador do Tricolor, Thiago Santos, que recebeu o cartão vermelho, e a Portuguesa que marcou com Henrique (assista aos gols no vídeo ao lado).

Com o resultado, as duas equipes seguem invictas na competição. O clube paranaense, que estreou com vitória (2 a 1) sobre o Ituiutaba-MG, fora de casa, chega aos quatro pontos. A Portuguesa, que goleou o Náutico por 4 a 0, tem a mesma pontuação, mas fica na frente pelo saldo de gols: - 4 do time paulista contra 1 dos paranaenses. Ambos dividem a liderança temporária, mas podem ser ultrapassados por Ponte Preta, Goiás, Sport e Vitória, que possuem três pontos e tem um jogo a menos e entram em campo no complemento da rodada, sexta e sábado.

Os dois times terão mais de uma semana livre. A Lusa volta a campo no dia 3 de junho, sexta-feira, quando recebe o ABC no Estádio do Canindé, às 21h (de Brasília). No dia seguinte, sábado, o Tricolor visita a Americana, no Estádio Décilo Lopes, às 16h20m (de Brasília).

Expulsão da Lusa; gol do Paraná

A partida começou bastante movimentada. Logo aos três minutos, o árbitro Jefferson Schmidt viu o atacante Jael, da Portuguesa, agredir o tricolor Léo e deu cartão vermelho direto para o camisa 11 da Lusa. Na sequência, o meia Welington, da entrada da área, deu um chute certeiro, sem chance para o goleiro Weverton.

Com um a mais e na frente no placar, o Tricolor dominou o jogo até os 25 minutos. O time da casa trabalhava muito pelos lados do campo - Henrique e Kelvin pela direita; Lima e Welington pela esquerda. Pelos flancos, o Paraná assustava a defesa da Portuguesa, como em chute de Lima, que passou perto do gol.

A Portuguesa recuou, passou a marcar forte e sair em velocidade. A Lusa, que só ameaçava em lances de bola parada com Marco Antônio, passou a criar ótimas oportunidades. Na parte final do primeiro tempo, mesmo com a desvantagem numérica, o time visitante quase empatou com Mateus, de cabeça, e Henrique, em chute de fora da área.

Expulsão do Paraná; gol da Lusa

A etapa final começou equilibrada. O Tricolor parava na forte marcação imposta pela Portuguesa. Quando roubava a bola, porém, a Lusa não conseguia levar perigo ao gol paranista. Aos seis minutos, Thiago Santos fez falta boba no meio-campo, recebeu o segundo cartão amarelo e deixou os dois times com dez jogadores. Com menos atletas em campo, os espaços aumentaram. O time paulista quase aproveitou, mas Luís Ricardo bateu por cima ao tentar uma bicicleta na área.

O ritmo do jogo, porém, caiu. Diego - que tinha entrado no lugar de Léo, ainda no primeiro tempo - e Kelvin tentavam superar a defesa adversária com dribles, mas, sem um homem de referência no ataque, o camisa 10 não criou nenhum lance de perigo. O técnico Jorginho também tirou o centroavante Luis Ricardo para colocar um meia Ivo. Com total liberdade para atacar, Henrique passou por Cris e chutou forte, sem chance para Zé Carlos: 1 a 1.

Nos últimos 15 minutos, o jogo ficou aberto. Os dois times chegavam perto da área adversária, mas a marcação prevalecia. Apesar da correria e dos espaços, tanto Paraná quanto Portuguesa não conseguiram chegar ao gol que os daria a liderança da Série B, pelo menos até a conclusão da rodada.

segunda-feira, maio 23, 2011

Funcionária do IML é presa por roubar R$ 200 de morto

Uma funcionária do Instituto Médico-Legal (IML) de Curitiba foi presa no domingo (22) por roubar R$ 200 do bolso de um homem morto que estava no Instituto para identificação. A auxiliar de necropsia admitiu o crime e foi presa em flagrante.

A profissional foi denunciada por um colega de trabalho porque ela tentou suborná-lo, oferecendo metade do dinheiro. A auxiliar de necropsia confessou o crime para os policiais civis do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope).

O diretor do IML não quis dar entrevista. Em nota oficial, a Secretaria de Estado de Segurança Pública do Paraná (Sesp) declarou que a conduta da funcionária contraria a orientação da Secretaria e do governo estadual e afirmou que foi determinado rigor na apuração do caso para que condutas similares não se repitam no IML ou em qualquer outro órgão sob responsabilidade da Secretaria da Segurança Pública.

A funcionária está detida no Centro de Triagem I, em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba, e deve responder pelo crime de peculato, que é a apropriação de valor facilitada pela função que o servidor exerce, e por destruição de documento oficial.

Turistas reclamam de falta de estrutura no Zoologico


Os turistas que frequentam o Zoológico Municipal de Curitiba reclamam da falta de estrutura, que é pequena para a quantidade de visitantes. No fim de semana, o estacionamento fica lotado e os ônibus não suportam a quantidade de passageiros.
Além dos problemas na parte externa do Zoológico, os turistas também reclamam da falta de identificação de alguns animais que vivem no local. Como o caso do Urubu Rei, que na ausência de uma placa, o nome ficou 'improvisado' escrito a caneta em um pedaço de madeira.
O Jardim Zoológico está localizado na região Sul da cidade e tem capacidade para cerca de 1000 espécies que vivem em ambientes próximos de seu habitat natural.
Inaugurado em 1976, a estrutura faz parte do Parque Regional do Iguaçu, o maior parque urbano do Brasil, com 569 mil metros quadrados.

Cope prende assaltantes de bancos

Quatro homens de uma quadrilha especializada em roubos a bancos foram presos em uma operação realizada pelo Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) na tarde de sexta-feira (20), em Curitiba.
De acordo com a Polícia Civil, essa era a principal quadrilha que praticava esse tipo de assalto na capital e na Região Metropolitana. Pelo menos 11 roubos foram cometidos nos últimos seis meses pelo grupo.
Em Presidente Prudente, no interior de São Paulo, a quadrilha teve participação em um assalto em uma agência bancária e em uma confeitaria.
Um dos ladrões presos, de 37 anos, é suspeito de ser o líder do grupo. Outros dois assaltantes estão sendo procurados pela polícia.

Fiat Tipo fura preferencial e acerta Camionete na Vila São Pedro

Na tarde de sábado (21) aproximadamente as 17 horas ocorreu um acidente no cruzamento das Ruas Omar Raimundo Pichet e Hermenegildo Bonat na Vila São Pedro.
O veículo Fiat Tipo trafegava pela Rua Hermenegildo Bonat e avançou a preferencial colidindo com a Camionete Ford Ranger que trafegava pela Rua Omar Raimundo Pichet.
No local, resultou em apenas danos materiais, o condutor do veículo causador do acidente (Fiat Tipo) assumiu a culpa e o ressarcimento dos prejuízos causados.

DIFERENÇAS ENTRE PRESÍDIO E TRABALHO!!!

PRESÍDIO
Você passa a maior parte do tempo numa cela 5x6m.
TRABALHO
Você passa a maior parte do tempo numa sala 3x4m.

PRESÍDIO
Você recebe três refeições por dia de graça.
TRABALHO
Você só tem uma, no horário de almoço, e tem que pagar por ela.

PRESÍDIO
Você é liberado por bom comportamento.
TRABALHO
Você ganha mais trabalho com bom comportamento.

PRESÍDIO
Um guarda abre e fecha todas as portas para você.
TRABALHO
Você mesmo deve abrir as portas, se não for barrado pela segurança por ter esquecido o crachá.

PRESÍDIO
Você assiste TV e joga baralho, bola, dama...
TRABALHO
Você é demitido se assistir TV e jogar qualquer coisa.

PRESÍDIO
Você pode receber a visita de amigos e parentes.
TRABALHO
Você não tem nem tempo de lembrar-se deles.
__________________(já aproveito para pedir desculpas aos meus!!!)

PRESÍDIO
Todas as despesas são pagas pelos contribuintes, sem seu esforço.
TRABALHO
Você tem que pagar todas as suas despesas e ainda paga impostos e taxas deduzidas de seu salário, que servem para cobrir despesas dos presos...

PRESÍDIO
Algumas vezes aparecem carcereiros sádicos...
TRABALHO
Aqui no trabalho, carcereiros usam nomes específicos: Gerente, Diretor, Chefe...

PRESÍDIO
Você tem todo o tempo para ler piadinhas.
TRABALHO
Ah, se te pegarem...

TEMPO DE PENA
No presídio, eles saem em 15 anos.
No trabalho você tem que cumprir 35 anos, e não adianta ter bom comportamento.

AGORA VAI TRABALHAR! CHEGA DE FICAR LENDO EMAILS...
ONDE VOCÊ ACHA QUE ESTÁ??? NO PRESÍDIO??? CAI NA REAL!!!

Thomas, gatão.