sexta-feira, maio 20, 2011

Guarda Municipal prende quadrilha que assaltava chácaras em São José dos Pinhais

Ercil, Guilherme, Davi, Reginaldo e Sulivan foram reconhecidos

Os moradores da zona rural de São José dos Pinhais poderão viver em paz. Estão na cadeia cinco suspeitos de roubos a chácaras, cometidos com extrema violência nos últimos meses. O líder da quadrilha é apontado como autor de pelo menos cinco homicídios.

Os suspeitos foram localizados por uma equipe da Guarda Municipal, que cumpriu mandado de prisão preventiva contra Ercil Cardoso Filho, 19 anos, pela morte de Wesley Alves Cardozo, 18.

“Várias viaturas foram necessárias para fechar o cerco contra o suspeito”, relata Aloir Barros, coordenador da Guarda. Em depoimento, Ercil informou os investigadores sobre a sua participação em roubos a chácaras.

De lá, os guardas municipais foram ao bairro Riacho Doce, onde prenderam, em casa, Guilherme da Rocha Bastos, 20, e Davi Patrick dos Santos, 18, que estava em um bar.

Com a dupla, foram apreendidos três televisores, dois aparelhos de som, monitores de LCD, equipamentos de informática, eletrodomésticos, um videogame, celulares e relógios.

Mais

Na mesma tarde, guardas municipais foram até o bairro Costeira, onde prenderam Reginaldo Rodrigues Cruz, 39, e ao bairro Rio Pequeno, para prender Sulivan Antônio dos Santos, 27. Os dois são acusados de guardar as armas roubadas pela quadrilha.

Foram apreendidas com eles uma cartucheira com munições calibre 40, duas espingardas roubadas em chácaras, de calibres 22 e 28, e uma espingarda calibre 36, levada durante um roubo a residência, no centro de São José dos Pinhais.

Também foi recuperado um revólver calibre 38 roubado de um policial civil, domingo. A quadrilha entrou na residência da vítima, dentro do carro do filho do policial, rendido em um pesque-pague.

Crueldade

Em alguns dos roubos, os assaltantes retiraram o enchimento de um estofado, jogaram sobre as vítimas, esvaziaram sobre elas uma garrafa de álcool e ameaçaram atear fogo.

Em outros, eles colocavam poucas balas no tambor de um revólver e brincavam de roleta-russa com as vítimas. “Eles agiam com violência extrema, aterrorizando as vítimas”, afirma o delegado Gil Tesseroli, titular da delegacia de São José dos Pinhais.

Só na tarde de ontem, cinco vítimas reconheceram todos os integrantes da quadrilha. Quem foi vítima do bando, deve entrar em contato com a delegacia pelo telefone 3299-1500.

Homicídios

Ercil, segundo a polícia, baleou Wesley na noite de 31 de janeiro, na Rua Sophia Suota Toczek, Quississana, em São José dos Pinhais. A vítima morreu na madrugada de 18 de março, no Hospital São José.

Ercil vivia em hotéis para fugir da polícia. A delegacia garante que Ercil é autor confesso de cinco homicídios, mas para a imprensa, na tarde de ontem, ele negou participação em qualquer um dos crimes.

Além da morte de Wesley, Ercil foi reconhecido por testemunhas como autor da morte de Márcio Rodrigo Krutli, 26, na Rua Quirino Zagonel, bairro Pedro Moro, em 5 de abril, e também como autor de uma tentativa de homicídio contra Leonardo Moreira, no início de março. As outras mortes são investigadas.

Via Parana online

Um comentário:

  1. Parabenz aos Patrulheiros da Guarda Municipal de São José dos Pinhais

    ResponderExcluir